Objetiva-se publicar biografias, histórias de vida e de batalhas relativas à Revolução de 1932. Caso saiba de algo, entre em contato. Para maiores informações envie mensagem à malusim53@yahoo.com.br.

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

As Chaves do Monumento Mausoléu de São Paulo.



No Jornal “A Gazeta”, de 8 de julho de 1958, foi publicada a notícia sobre a entrega das belas chaves das portas do Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32, com o  título “As chaves do Monumento”, a qual transcrevo a seguir:

“Por ocasião da inauguração das portas monumentais do Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32, foram solenemente entregues as duas belas chaves de ouro, correspondentes às portas que dão entrada ao grandioso monumento, ou sejam, a “Porta da Vida”, que apresenta esculturas em alto relevo representativas da atividades econômicas e culturais de São Paulo, na época da Revolução Paulista; a segunda, “A Porta da Glória”, homenagem aos Heróis de 32 e na qual se veem esculpidas suas lutas e seus sacrifícios pela causa sagrada.
A “Porta da Vida” está voltada para o nascente e a “Porta da Glória” para o poente.
Uma chave ficará de posse da Fundação Monumento Mausoléu, cujo o presidente é o Dr. Benedito Montenegro, e a outra com a MMDC Sociedade Veteranos de 32, cujo o presidente é o Sr. Mércio Prudente Correia.
As chaves são encimadas por um capacete de aço e nas faces principais se acha gravada esta legenda espartana, a mesma que figura na parte inferior das portas de bronze.
“Entrai levando as mãos o coração em jubilo.
Vossa oferenda humilde à eternidade bela.”

“Seja em louvor do herói – o símbolo de um povo. 
A quem a morte inspirou apenas sorriso”.”
















Imagens publicadas no jornal "A Gazeta", 1958.





(*) A inauguração das portas de bronze do Monumento-Mausoléu ao soldado de 32, no dia 6 de julho de 1958. Foram solenemente iniciadas nessa data as comemorações do 25 º aniversário da Revolução Constitucionalista de 1932. Às 10 horas, procedeu-se à inauguração das portas de bronze do Monumento - Mausoléu no PARQUE IBIRAPUERA.
O significado das portas: a primeira, denominada “PORTA DA VIDA”, significa o trabalho, o progresso e a cultura do povo paulista, apresentando esculturas em alto relevo representativas de atividades econômicas e culturais de SÃO PAULO, na época da revolução constitucionalista. A segunda, chamada “PORTA DA GLÓRIA” é uma homenagem aos heróis de 1932 com esculturas representativas de suas lutas e sacrifícios. A “PORTA DA VIDA” está voltada para o nascente e a “PORTA DA GLÓRIA” para o poente.



Chave original pertencente à Sociedade Veteranos de 32- MMDC.
 Fot. Rodrigo Gutenberg.



Na imagem podemos observar a chave original, que pertence à Sociedade Veteranos de 32 – MMDC e encontra-se sob a guarda do Museu Acadêmico Cadete Eduardo Pinheiro.
Fotografia cedida pelo Prof. Rodrigo Gutenberg, Presidente do Núcleo MMDC Norte “Euclydes Oliveira Figueiredo”.


Visite o Monumento Mausoléu ao Soldado Constitucionalista de 32. Honre seus Heróis e conheça um pouca a história deste belíssimo Monumento.


Fonte.
Jornal “A Gazeta” de 8 de julho de 1958, arquivo pessoal.




Editado e publicado por Maria Helena de Toledo Silveira Melo.




2 comentários:

  1. Querida Maria Helena, no museu Academico Cadete Eduardo Pinheiro há uma dessas chaves, no caso a que pertence a Sociedade MMDC, no sábado fotografarei-a e te envio a foto p'ra acrescentar neste belo artigo!

    ResponderExcluir