Objetiva-se publicar biografias, histórias de vida e de batalhas relativas à Revolução de 1932. Caso saiba de algo, entre em contato. Para maiores informações envie mensagem à malusim53@yahoo.com.br.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Kit de Primeiros Socorros na Revolução.



Dentre os inúmeros apetrechos que o Soldado Constitucionalista carregava dentro de sua mochila, um deles era o “Kit de Primeiros Socorros”, fornecido pela Cruz Vermelha Brasileira e confeccionado pelas voluntárias da Revolução de 1932.
Em entrevista publicada pelo G1 (2013) e pelo Jornal Cruzeiro (2016) a Sra. Zuleika Sucupira  Kenworthy(*), moradora de Sorocaba – SP, conta como eram confeccionados: A Sra. Zuleika relata que ajudou a preparar os kits de primeiros socorros para os soldados. Disse ela: “Eu trabalhei na Cruz Vermelha, trabalhando nos pacotinhos de emergência, que ninguém sabia que existia, mas que salvou a vida de muita gente”.
Conta ela que no pacotinho continha 1 vidrinho de iodo, 1 atadura, dois pedaços de gaze, um rolinho de esparadrapo e um alfinete. “Era bem pequeno para ir na mochila de cada soldado.”
Nas imagens a mochila e o kit de primeiros socorros  que pertenceram ao Soldado Constitucionalista Joaquim Norberto de Toledo Junior.







Mochila de Joaquim Norberto de Toledo Junior, Quincas Gaiteiro.










O saquinho é confeccionado em tecido de algodão, tem 12 cm de altura por 8 cm de largura.


O frasco de iodo tem 4,5 cm de altura e com a rolha 5 cm.



O selo com informações de uso é colado ao tecido.







               *Sra. Zuleika Sucupira Kenworthy, Procuradora de Justiça, foi a primeira Promotora de Justiça das Américas, nascida em Jundiaí e neta do Major Sucupira.




Fonte.



Imagens de arquivo pessoal.



Editado e publicado por Maria Helena de Toledo Silveira Melo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário