Objetiva-se publicar biografias, histórias de vida e de batalhas relativas à Revolução de 1932. Caso saiba de algo, entre em contato. Para maiores informações envie mensagem à malusim53@yahoo.com.br.

sábado, 13 de agosto de 2016

Homenagem no Dia dos Pais!


                            Quero deixar uma homenagem a todos os pais, Heróis Paulistas, Heróis da Revolução Constitucionalistas e a todos os Pais Heróis!


             

               Uma homenagem especial a meu pai “Voluntário JOAQUIM NORBERTO DE TOLEDO JUNIOR”.


Joaquim Norberto de Toledo Junior.
     


Quincas ou Quinzinho, como era mais conhecido, nasceu em São Pedro, estado de São Paulo, em 19 de setembro de 1906, filho do professor e Coronel Joaquim Norberto de Toledo e da professora Ambrosina Laudelina Bonilha de Toledo. Eram seus irmãos, Luiz e Geraldo, que também lutaram na revolução, Gertrudes, Marieta, Luiza, Maria Cândida, Ana Maria, Maria Augusta e Maria José. Foi funcionário público estadual, no Corpo de Segurança do Estado dos Negócios da Segurança Pública de São Paulo, classificado no Gabinete de Investigações. Alistou-se como voluntário em 16 de julho de 1932, em Piracicaba, no 1º Batalhão Piracicabano, sob o nº 1.079 do 4º B.C.R. e 2ª Cia. do 6º R.I.
Em 23 de julho seguiu para a frente Norte (Vale do Paraíba) onde já operava a 2º Divisão de Infantaria (2ª. D.I.O), sob o comando do General Euclides de Figueiredo.  Esteve nos setores de Queluz e Cruzeiro e depois acompanhou o mesmo batalhão para São José dos Barreiros e foi incorporado ao Destacamento do Coronel José Joaquim de Andrade. Participou de vários combates principalmente em Areias, Silveiras e Fazenda Palmeira.
Em Silveiras, o grupo de Quincas foi incorporado definitivamente ao 6º R.I. e era composto pelos piracicabanos Sargento Semionato, Cabo Lauro Catulé e os soldados Joaquim Norberto de Toledo Junior, Antonio Balestro, Barrento, Fernão, Eduir, Josaphat, Ruy, Tácito, Paulo e Henrique Gritti. Faziam parte também do grupo o fuzileiro Boanerges e o municiador 1.109 do 6º R.I.
 Em 28 de agosto foi transferido para o 6º Regimento de Infantaria (6º R.I.) com o qual seguiu para Guaratinguetá. Depois foi para Caçapava, Campos do Jordão e São Luiz de Paraitinga, onde o alcançou o armistício de 1º de outubro, recolhendo-se então ao quartel de seu regimento.
Casou-se em 1945 com Ana da Silva de Toledo, nascida em Guaíra estado de São Paulo, com quem teve cinco filhos: Luiz Augusto, José Joaquim, Maria Helena, Maria Aparecida e Joaquim Norberto de Toledo Neto.

Faleceu em 14 de maio de 1968 em consequência de um ataque cardíaco. Foi sepultado no cemitério de São Pedro, SP e em seu túmulo constam os dizeres, a seu próprio pedido: “Fui um homem feliz porque: nasci em São Paulo, vivi em São Paulo, lutei por São Paulo e morri em São Paulo”.


A seguir algumas fotografias e documentos de meu pai.





































































A Medalha MMDC recebida por meu pai.












Medalha da Constituição..





Irmãos Toledo, Luiz, Joaquim e Geraldo na Revolução de 32.







Irmãos Toledo.





Feliz Dia dos Pais!



Fonte - arquivo particular da família Toledo.



Editado e publicado por Maria Helena de Toledo Silveira Melo









Nenhum comentário:

Postar um comentário