Objetiva-se publicar biografias, histórias de vida e de batalhas relativas à Revolução de 1932. Caso saiba de algo, entre em contato. Para maiores informações envie mensagem à malusim53@yahoo.com.br.

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

“A COBRA VAI FUMAR”




                                       A cobra guerreira e fumante,
                  desenhada por Walt Disney em homenagem aos pracinhas.







NEWTON LA SCALEIA, veterano da Segunda Guerra Mundial integrante da Força Expedicionária Brasileira nos campos da Itália (1944-1945) e pertencente à Associação dos Ex-Combatentes de São Paulo é o autor do trabalho sobre a origem do Símbolo da FEB, qual seja, “A COBRA FUMANDO” e pode ser conferido no link a seguir: 














Newton La Scaleia.



O veterano da FEB Sargento Newton La Scaleia nasceu em São Paulo, La Scaleia era neto de imigrantes italianos e ingressou no Exército em 1940, servindo no 6º Regimento de Infantaria em Caçapava, onde de Soldado foi promovido a Cabo e depois a 3º Sargento.
Após o Brasil entrar na Segunda Guerra Mundial em agosto de 1942, o 6º RI foi uma das unidades escolhidas para integrar a Força Expedicionária Brasileira. Apesar da preocupação da mãe, Newton era resoluto: "Eu tinha espírito aventureiro, queria ser convocado, mesmo sem saber onde os brasileiros iriam lutar".
Foi para a Itália junto ao 1º Escalão em 2 de julho de 1944, ele foi feito Sargento do Pelotão de Petrechos Pesados da 1ª Companhia do 6º RI, participou da primeira ação de combate brasileira: a tomada de Massarosa, em 16 de setembro de 1944. Ele ainda tomou parte na Batalha de Monte Castelo e na Batalha de Montese.
No final de abril de 1945, com seus morteiros e metralhadoras pesadas a rendição de quase 15 mil soldados inimigos para a FEB.
Newton La Scaleia era ativo participante de eventos relacionados à Força Expedicionária Brasileira e foi entrevistado no documentário "O Peso da Guerra", do cineasta Alexandre Naval.






Brasão da FEB
Força Expedicionária Brasileira.



Esta é uma pequena homenagem do Núcleo de Correspondência “Trincheiras Paulistas de 32 de Jaguariúna” à memória desse bravo brasileiro que faleceu no dia 19 de janeiro de 2016.




Fonte.  
                                                                       
Informações enviadas pelo Prof. Jefferson Biajone, Presidente do Núcleo de Correspondência “Paulistas de Itapetininga! As Armas!”.

www.facebook.com/saladeguerra, acesso em jan. de 2016.

www.infoescola.com, acesso em jan. de 2016.




Editado e publicado por Maria Helena de Toledo Silveira Melo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário