Objetiva-se publicar biografias, histórias de vida e de batalhas relativas à Revolução de 1932. Caso saiba de algo, entre em contato. Para maiores informações envie mensagem à malusim53@yahoo.com.br.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

ANIVERSÁRIO DE JAGUARIÚNA.



Dia 12 de setembro de 2014 a cidade de  Jaguariúna, SP completa 60 anos de emancipação político-administrativa.



Brasão de Armas de Jaguariúna, SP.




Bandeira de Jaguariúna, SP.




Bairro Tanquinho.

Foi no Bairro Tanquinho onde tudo começou em 1875, é o bairro mais antigo de Jaguariúna. Há registros que neste local privilegiado pela localização geográfica, área com águas dos rios Camanducaia, Jaguari e Atibaia serviu de habitação para os índios Caiapós.

 Era também servido por estradas antigas que levavam aos Caminhos dos Goiazes (Caminhos de Goiás), por onde passaram Bandeirantes e mais tarde tropeiros e boiadeiros.
O Bairro Tanquinho, em 1932, foi palco de batalhas durante a Revolução Constitucionalista, pois ficava no caminho para Campinas onde as forças governistas, vindas de Minas Gerais, pretendiam chegar.


Antiga Capela da Fazenda Meia Lua no Bairro Tanquinho.



A Ferrovia.


A Ferrovia sempre fez parte da História de Jaguariúna, já no ano de 1875 com a inauguração do trecho Mato Dentro (Carlos Gomes), Tanquinho, Jaguari e Guedes.
A Estação da Vila Jaguary, atual Jaguariúna, serviu como um centro telegráfico de transmissão de ordens aos batalhões que por ali se encontravam, durante a Revolução Constitucionalista de 1932, foi também usada para distribuição de munição e em barracões pertencentes à estação foram usados como abrigo para caminhões militares.



                                                                                       Lebrão
Estação de Jaguariúna, 1945.



Estação de Guedes (Jaguariúna), 1911.


.                      
                       Estação Tanquinho, localizada entre Campinas (Anhumas) e Jaguariúna.
                                                    Imagem durante a Revolução de 1932.




 As Fazendas.


As fazendas, de grande importância na região,  com grande produção de café, cana de açucar, algodão e outros.
Dentre as inumeras fazendas da região  a Fazenda Florianópolis (atual Serrinha) e a Fazenda da Barra também foram palco de batalhas e ocupação durante a Revolução de 1932.




                                    Fazenda da Barra.




Fazenda Serrinha, antiga Florianópolis.





Parabéns à Jaguariúna, "A Estrela da Mogiana", são os votos do Núcleo de Correspondência “Trincheiras Paulistas de 32 de Jaguariúna”.



Fonte.
Suplemento do Jornal Gazeta Regional publicado em setembro de 2012.
www.estacoesferroviarias.com.br



Veja mais informações sobre a Revolução de 1932 em Jaguariúna nos links a seguir:

http://mmdcjaguariuna.blogspot.com.br/2012/07/alfredo-guedes-voluntario-jaguariuna-2.html
http://mmdcjaguariuna.blogspot.com.br/2013/12/outro-voluntario-da-revolucao-de-1932.html



Editado e publicado por Maria Helena de Toledo Silveira Melo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário